10 seriados protagonizados por mulheres

Sempre fico enfurnada no meu quarto, vidrada na tela do computador por motivos de: sou viciada em seriados. De acordo com meu perfil no TV Show Time, eu acompanho 53 séries e já gastei, até o momento, cerca de 2 meses assistindo às centenas de episódios listados. No entanto, um dado me chamou a atenção e chegou a ser alarmante: desse montante, apenas dez seriados são protagonizados por mulheres. O número chega a ser assustador, não é?

Continuar lendo

Anúncios

Curso Abril de Jornalismo 2015: quase fui

Quando decidi me inscrever no Curso Abril de Jornalismo 2015, estava em uma fase de querer me arriscar, independente dos resultados. A primeira etapa consistia em escrever um texto, respondendo “Quem sou eu e por que escolhi o jornalismo como profissão”. Escrevi os 4.000 caracteres às pressas, duas horas antes de terminar o prazo das inscrições, despretensiosamente. E aí, bom, meu texto (leia abaixo), que, na minha concepção estava piegas demais, ficou entre os 442 escolhidos pela editora Abril, sendo que mais de 3 mil foram enviados para análise. Muitos concorrentes, né? Depois, veio a tão esperada segunda fase: a entrevista. Em meio ao nervosismo, conversei com o jornalista Edward Pimenta sobre Bukowski, feminismo e até política. Não deu. Mas, ó, saí de lá com aquela sensação de que, sim, eu deveria sempre me arriscar, vai quê.

Continuar lendo

Band Aid: quando vozes se unem em prol de boas ações

Sempre considerei a música uma espécie de linguagem universal, que tem o poder de atingir a todos nós. Ritmos e sons a parte, é muito bacana quando diversas vozes se reúnem em prol de uma causa. Nesta segunda-feira, dia 17, foi lançada a nova versão de “Do They Know It’s Christmas?”, single que, há 30 anos, daria início à luta mundial contra a fome na Etiópia. Desta vez, o motivo é outro: o combate à epidemia de ebola, que já matou milhares de pessoas na África este ano e pode continuar fazendo mais e mais vítimas. O clipe do Band Aid 30 contou com a participação de figuras dos anos 80, como Bono Vox e Sinead O’Connor, e artistas atuais, como One Direction, Ellie Goulding e Chris Martin. Agora, que tal fazer uma boa ação e contribuir? Para isso, basta visitar o site www.bandaid30.com.

Continuar lendo

Porque Bukowski e feminismo cabem na mesma frase

Reprodução internet
Charles Bukowski (Reprodução internet)

Não é engraçado quando você está focada em algo e, de repente, esse algo aparece em todos os cantos? Preciso falar que adoro essas coincidências da vida. Em uma mesma semana, fui questionada sobre a literatura de Charles Bukowski e sua relação com o feminismo e surpreendida por um texto da Clara Averbuck, no Lugar de Mulher, dizendo que nós, feministas, podemos sim gostar do velho safado – como o escritor é conhecido. Por que nos privaríamos de uma boa leitura, não é mesmo?

Continuar lendo