Band Aid: quando vozes se unem em prol de boas ações

Sempre considerei a música uma espécie de linguagem universal, que tem o poder de atingir a todos nós. Ritmos e sons a parte, é muito bacana quando diversas vozes se reúnem em prol de uma causa. Nesta segunda-feira, dia 17, foi lançada a nova versão de “Do They Know It’s Christmas?”, single que, há 30 anos, daria início à luta mundial contra a fome na Etiópia. Desta vez, o motivo é outro: o combate à epidemia de ebola, que já matou milhares de pessoas na África este ano e pode continuar fazendo mais e mais vítimas. O clipe do Band Aid 30 contou com a participação de figuras dos anos 80, como Bono Vox e Sinead O’Connor, e artistas atuais, como One Direction, Ellie Goulding e Chris Martin. Agora, que tal fazer uma boa ação e contribuir? Para isso, basta visitar o site www.bandaid30.com.

Em novembro de 1984, a canção “Do They Know It’s Christmas?”, idealizada pelo cantor Bob Geldof e pelo guitarrista Midge Ure, foi gravada pelo primeiro grupo Band Aid, iniciando uma campanha que tomaria grandes proporções e marcaria o cenário rock n’ roll. Bono Vox (olha ele de novo!), David Bowie, Sting e Phil Collins foram alguns dos artistas que deram voz a um grave problema que assolava a Etiópia na época. Tudo começou quando Geldof assistiu a um documentário, exibido pela BBC britânica, sobre a fome – que foi responsável pela morte de mais de 400 mil pessoas – no país africano.

E as boas ações não pararam por aí! Em 1989, artistas gravaram um clipe do single para combater uma nova onda de fome no país. Já em 2004, “Do They Know It’s Christmas?” seria regravado no 20º aniversário da gravação original, com o objetivo de auxiliar a região sudanesa de Darfur.

Live Aid

A campanha contra a fome na Etiópia foi além da mobilização dos artistas no single “Do They Know It’s Christmas?”. No dia 13 de julho de 1985, Geldof promoveu o que seria um dos mais importantes concertos de rock do mundo: o Live Aid. E, oh, o evento foi tão incrível que a data foi escolhida para a celebração do Dia Mundial do Rock.

O concerto foi realizado, simultaneamente, no Wembley Stadium, em Londres, e no John F. Kennedy Stadium, na Filadélfia, com transmissão pela TV. Peço licença para elencar dois momentos marcantes do Live Aid: a reunião do Led Zeppelin e a apresentação de Paul McCartney, que teve direito a problemas no microfone e tudo. No palco, também se apresentaram, entre outros, Elton John, The Who, Queen, David Bowie, Black Sabbath, Mick Jagger, Phil Collins e Madonna.

E quem não conhece “We are the world”? Pois é, a canção (que, por sinal, amo de paixão) foi criada em 1985, em um projeto paralelo ao Band Aid/Live Aid, o USA for Africa, e fechou a edição do Live Aid nos EUA. Foi lindo! Já na Inglaterra, o encerramento ficou por conta de “Do They Know It’s Christmas?”, claro.

Domhnall Gleeson como Bob Geldof (reprodução internet)
Domhnall Gleeson como Bob Geldof (Reprodução internet)

Fica a dica:
Quem quiser conhecer mais sobre a (incrível) história do Live Aid, recomendo o filme  “When Harvey Met Bob”, lançado em 2010, em comemoração aos 25 anos do concerto. A obra retrata os desafios e as ideias de Bob Geldof e do produtor musical Harvey Goldsmith durante a produção do evento.

Em tempo: essa iniciativa foi/é muito amor, né? ❤

Anúncios

Comente ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s