Vida de pássaro

passaro

Chega um momento em que é preciso criar asas e voar sem destino, como os pássaros. Não há nada pior que construirmos nossa própria gaiola e nos mantermos presos simplesmente porque parece certo ou porque o medo do que há lá fora nos impede de sair. Escolher entre ficar e partir é uma tarefa árdua, que implica abrir mão de certas coisas para ganhar – ou perder – outras. Porém, mais difícil ainda, é se sentir sufocado e não saber o que fazer ou para onde seguir.

A felicidade é imprevisível e alçar voo não significa, necessariamente, ter êxito. O vento pode nos empurrar para o caminho contrário, as tempestades podem provocar pânico e as noites podem ser extremamente solitárias. Ah, os apuros! Quem disse que vida de pássaro é fácil? Atravessar o horizonte é mais que ambição, é desafio.

Para conquistar a liberdade é preciso ousadia e, o primeiro passo, é se livrar das grades que obstruem os caminhos a serem percorridos. Assim, levam-se apenas as lembranças de uma vida agradável, mas demasiadamente cômoda e desprovida de emoções.  A cada bater de asas, um encontro, uma experiência e uma descoberta. Vida de pássaro é assim, mais vale a beleza do esvoaçar que a angústia de pertencer a um só lugar.

Anúncios

Um comentário sobre “Vida de pássaro

Comente ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s